Dermatite atópica: o que você sabe sobre ela?

Você já ouviu falar de rinite,asma ou outras doenças alérgicas, mas já ouviu falar de dermatite atópica? Ela é uma doença crônica que causa erupções na pele que podem coçar ou descamar. Esse tipo de dermatite tem origem na predisposição genética, já que os indivíduos que a apresentam geralmente têm histórico familiar das doenças citadas acima ou até mesmo da própria dermatite atópica. Recentemente, alguns estudos também apontaram como causa da doença um defeito genético em alguma proteína da pele.

Dentre os sintomas da doença, estão ressecamento excessivo, áreas da pele esfoladas por conta da coceira e vermelhidão. Mas a pessoa afetada também pode apresentar outros sintomas, dependendo da idade. Os pacientes são classificados em três grupos nesse quesito:

  1. Fase infantil (de 3 meses à 2 anos)
  2. Fase pré-puberal (de 2 à 12 anos)
  3. Fase adulta (à partir dos 12 anos)

Ela é mais comum na infância e pode tanto piorar quanto desaparecer com o tempo. Mas não se preocupe; a dermatite atópica não é uma doença contagiosa.

O tratamento da dermatite atópica é relativamente simples e pode ser feito de forma natural, caso seu médico não veja necessidade de remédios. Basta seguir algumas recomendações como:

  • evitar banhos quentes;
  • manter a pele sempre hidratada;
  • usar sabonetes neutros;
  • evitar perfumes ou outros cosméticos perfumados;
  • evitar roupas com tecido sintético.

 

Certamente, há casos mais graves e que necessitam de medicação, mas isso só pode ser avaliado por um especialista, por isso sempre ressaltamos a importância de se consultar o seu médico.

 

fontes: http://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/dermatite-atopica/59/

https://minutosaudavel.com.br/dermatite-atopica-o-que-e-como-tratar-pomadas-tem-cura/#tratamento

Cuidados com o vitiligo

Apesar de ser relativamente comum, ainda pouco se sabe sobre o vitiligo. Essa é uma doença autoimune que causa perda da coloração da pele e que ocorre em pessoas que têm predisposição genética. E geralmente as manchas começam a aparecer por causas emocionais, como stress ou algum trauma. Existem dois tipos de vitiligo: a segmentar ou unilateral e a não segmentar ou bilateral. A primeira surge apenas em uma região do corpo e aparece ainda na juventude. Já a bilateral ou não-segmentar se manifesta de forma simétrica, nos dois lados do corpo (principalmente nas extremidades). Durante a vida, podem haver períodos onde as manchas evoluem tanto em tamanho como em perda de pigmentação e outros onde a evolução pode estagnar.

Agora sobre os cuidados, há várias recomendações que devem ser seguidas a risca, de acordo com dermatologistas:

  1. Protetor solar não é uma opção, é uma regra:

Independente da apresentação do protetor (creme, gel ou toque seco), o protetor deve ser utilizado até mesmo em dias nublados. Isso porque a pele fica completamente desprotegida sem a presença da melanina, pigmento natural que protege a pele. O fator de proteção solar deve ser de 50 para cima.

  1. Hidratação sempre!

Como a pele se torna ainda mais sensível, é importantíssimo manter a hidratação em dia – principalmente agora no inverno. Com a pele ressecada, é mais fácil ter alergias ou infecções.

  1. Evite se machucar

Um pessoa com vitiligo também pode apresentar o Fenômeno de Koebner, que pode causar lesões e descamação nas áreas manchadas que sofreram algum tipo de trauma.

 

Levando essas dicas a risca as pessoas que possuem vitiligo têm tudo para ter uma pele saudável. Mas lembre-se sempre: o tratamento mais indicado é sempre aquele recomendado pelo seu dermatologista.

 

fontes: http://www.belezaextraordinaria.com.br/noticia/pele-com-vitiligo-como-cuidar-em-casa-dermatologista-explica_a22452/1

https://www.dermaclub.com.br/noticia/vitiligo-o-que-e-causas-sintomas-tipos-e-tratamento-para-as-manchas-brancas-na-pele-do-rosto-e-corpo_a6814/1

Introdução alimentar: o que evitar

Todos nós sabemos que essa é uma fase bastante importante na vida da família e da criança. São diversas texturas e sabores que o bebê precisa conhecer para poder estabelecer sua rotina alimentar de forma saudável, e junto com isso vem também a lista de alimentos que devem ser evitados, seja por terem potencial risco de causar alergias ou até mesmo obesidade futura. Sã desses alimentos que vamos falar hoje.

Por mais que pareça inofensiva para uma criança com menos de 2 anos, geléias e gelatinas são estritamente proibidas nessa fase. Estes alimentos não possuem valor nutritivo algum, sendo feitos basicamente de açúcar e corantes. O consumo regular desses alimentos pode potencializar o surgimento de diabetes e levar a obesidade. Outro alimento que parece ser completamente inocente é o petit suisse, aquele queijinho saborizado (geralmente de morango). Apesar de alguns deles apresentarem pedacinhos de frutas, a maior parte dos ingredientes desses produtos é artificial (inclusive a cor). Agora, se tem um alimento super rico e que está vetado para crianças com menos de 2 anos é o mel. E a alta concentração de açúcar não é o pior aspecto nesse sentido: o mel e seus derivados podem estar contaminados com esporos da Clostridium botolinum, a bactéria responsável pelo botulismo. Com o sistema imunológico ainda em desenvolvimento, o organismo de uma criança ainda não tem como se defender dessa bactéria e ainda há risco de desencadear alergia ao pólen. Por isso, o mais indicado é apresentar esse alimento somente após os 2 anos, quando fica mais fácil identificar uma possível alergia.

Além dos que já citamos, é bom enfatizar o veto ao sal e açúcar, pois eles funcionam somente como realçadores de sabor e nessa fase é importante que as crianças conheçam o real sabor dos alimentos. O excesso desses alimentos pode desencadear na idade adulta doenças como diabetes e hipertensão. Portanto, estimule no seu filho uma alimentação saudável desde pequeno. Isso pode até influenciar positivamente a alimentação da família 😉

 

Fontes: https://www.masterbagbaby.com.br/10-alimentos-proibidos-para-bebes-de-0-ate-2-anos/

https://paisefilhos.uol.com.br/bebe/13-alimentos-proibidos-para-criancas-de-ate-dois-anos/

Que não falte Vitamina C nesse inverno!

Que a Vitamina C é um importante aliado na prevenção de doenças como a gripe, todos nós já sabemos. Agora o que muita gente não sabe é que as fontes dessa vitamina vão muito além da laranja. Vamos listar algumas dessas frutas que, por sinal, são de inverno!

Pega o caderninho pra fazer a lista da feira!

 

Abacate: Essa é uma super fruta! Além de ser rica em vitamina C, também tem altos índices de magnésio, ferro e gorduras boas, que ajudam a diminuir o colesterol ruim e aumentar o bom. Fora que a pele e o cabelo ficam muito mais brilhantes e sedosos. Mas aqui, a moderação é a palavra-chave: o abacate é bastante calórico. Por isso, deve ser consumido em quantidades pequenas.

Carambola: Também uma boa fonte de vitamina C é a carambola, que também tem boas reservas de vitaminas A e B. E como ela tem também tem propriedades diuréticas, deve ser evitada por pessoas que têm problemas renais.

Maracujá: Não é lenda que maracujá acalma! Além desse poder, a fruta também é rica em cálcio, ferro e, é claro, vitamina C. E não é tão calórica, podendo ser consumida mais à vontade 🙂

Kiwi: além da vitamina C, o kiwi é rico em magnésio, que é fundamental para o bom funcionamento dos músculos. Além disso, é rico em fibras solúveis e tem baixíssimo índice glicêmico. Respectivamente, ele é ótimo para equilibrar a flora intestinal e ajuda no emagrecimento.

 

Anotou tudo pra fazer a feira? Agora não tem mais desculpa para não consumir frutas no inverno, certo?

Salve vidas, doe sangue

 

Que doar sangue é super importante todos sabem, mas às vezes é bom lembrar a dimensão dessa importância.

A cada doação, um doador pode salvar até 4 vidas, mas não somente em transfusões de sangue. O sangue é composto por vários componentes, que são separados de acordo com a finalidade. As hemácias (glóbulos vermelhos) são destinadas para pessoas com anemia ou que tiveram uma perda significativa de sangue. Já as plaquetas são utilizadas em casos de quimioterapia e transplante (principalmente o de medula óssea). A última parte a ser separada é o plasma, que auxilia em problemas de coagulação. Um exemplo de utilização é no tratamento de pessoas portadoras de hemofilia.

E mesmo tendo essa grande importância, o Brasil ainda tem um índice muito baixo de doações. Por isso, nós das Farmácias Santo André apoiamos e incentivamos a doação de sangue. Não dói nada, não tem efeitos colaterais e salva muitas vidas.

 

Fontes:
http://www.blog.saude.gov.br/35615-a-importancia-da-doacao-regular-de-sangue.html
https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/doacao-de-sangue/

5 dicas para ficar cheirosa o dia todo

Quem não gosta de estar sempre cheirosa e até ser lembrada pelo seu perfume? Tentar mascarar o odor com desodorantes ou perfumes nem sempre funciona. Na região onde moramos, com esse calor, às vezes é impossível passar o dia inteiro cheirosa, mas aqui vão algumas dicas para deixar aquela ótima impressão até o final do dia:

 

Uma das principais e mais imprescindíveis dicas é manter seus cabelos sempre limpos. Isso não significa que você tem que lavar os cabelos 2 vezes por dia, mas o ideal é não ficar muito tempo sem lavar as madeixas, e isso vai evitar que eles fiquem oleosos e com odor desagradável. Às vezes a gente nem percebe que está com o cabelo sujo, mas lavar um dia sim e outro não é a melhor maneira de estar sempre bem.

 

Com a nossa rotina enlouquecida, uma solução prática e rápida para cuidar dos cabelos e mantê-los cheirosos são os xampus a seco, que funcionam como um desodorante para os cabelos. Existem versões com ou sem fragrância. O xampu a seco sem fragrância neutraliza o odor dos fios, e o outro deixará um perfume suave e gostoso. É uma ótima opção para ter sempre em casa, e te salvar naqueles dias mais corridos.

 

Uma ótima dica é passar o perfume logo após tomar banho, e antes de se vestir. A umidade da pele vai ajudar a fixar o cheiro, e também irá evitar que a fragrância manche roupas ou jóias delicadas.

 

Já experimentou perfumar seus lençóis e travesseiros com sprays de ervas? Misture algumas gotas de óleos essenciais com água e borrife os produtos na cama quando arrumá-la. Fica um ótimo aroma em todo o ambiente. Afinal, estar em um local cheiroso também ajuda a manter você cheirosa.

 

Forrar as gavetas com papel de seda e pulverizar seu perfume favorito deixa suas roupas e toalhas com um cheiro incrível. Ou também recorra aos sachês perfumados: preencha saquinhos de pano com lavanda seca ou outras ervas e coloque nos cantos de gavetas ou pendure-os nos armários. Eles darão um cheiro extra às suas roupas e impedirão que elas fiquem fedorentas. (Obs.: Pode comprar os sachês prontos também, funciona igual e você encontra o perfume que mais gosta).

 

Ah, e não se esqueça de escovar sempre seus dentes e usar enxaguantes. Isso deixa você pronta e fresca imediatamente.

 

E, enfim, sempre carregue lenços umedecidos. É sempre bom ter alguns na bolsa, no carro, no escritório… A dica é usá-lo para higienizar rapidamente partes íntimas, axilas ou qualquer outra região do corpo.

 

Viu? Com poucas mudanças no dia a dia podemos ser lembradas como as mais cheirosas da turma. Curtiu as dicas? Acompanhe nosso blog e saiba muito mais!

Cuidados da Mulher

Já diz a famosa frase que ser mulher não é fácil, né? A gente tem que se virar nos 30, ser uma boa filha, uma esposa exemplar, mãe de primeira, independente, bem sucedida, e estar sempre bem. Um dos segredos é se sentir sempre bem e linda, e para isso o ideal é ter hábitos saudáveis na nossa rotina, do dia a dia.

 

Cuidar da saúde é um objetivo constante. Tenha hábitos benéficos, sem muito esforço, e isso faz toda a diferença. O primeiro deles é visitar seu médico regularmente. Cuidados preventivos são a melhor forma de manter a saúde em dia. Não esqueça de fazer uma visita ao ginecologista, pelo menos, uma vez por ano, e realize todos os exames que forem solicitados. Para ajudar, durante o banho não deixe de fazer o autoexame. Fique atenta, e a qualquer sinal de nódulo, converse com o seu médico.

 

Aí vamos chegando nos 30, nos 40… Sempre devemos priorizar a higienização e hidratação com produtos específicos para cada tipo de pele, além do uso diário do protetor solar, pois o sol é um dos fatores que mais colaboram para o envelhecimento da pele. Por isso e para prevenir o câncer de pele, o uso diário do protetor solar é indicado para pessoas de todas as idades.

 

Com o passar da idade, é preciso diminuir o número de calorias ingeridas. Com a alimentação correta, é mais fácil manter o peso e os nutrientes em porções ideais colaboram para o melhor funcionamento do organismo e manutenção da beleza da pele, unhas e cabelos. Se tiver dúvidas, procure um nutricionista, ele vai elaborar o melhor cardápio de acordo com o seu estilo de vida e suas necessidades.

 

Entre os vários alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados, as folhas verdes escuras e o gergelim ajudam a manter a saúde dos ossos e a prevenir a osteoporose. Vitaminas encontradas nas frutas e verduras aumentam a imunidade e deixam pele e cabelos mais bonitos. Peixes, oleaginosas, linhaça e chia também são ótimos aliados da beleza e atuam como anti inflamatórios, ajudam a prevenir doenças, colaboram para o equilíbrio hormonal e metabólico e até fortalecem a memória. Invista em uma alimentação balanceada e tenha muitos benefícios!

 

Além de comer bem, tente beber de 2 a 3 litros de água todos os dias. A hidratação de dentro para fora é fundamental para manter o viço e a elasticidade da pele.

 

Praticar atividades físicas regularmente mantém o metabolismo ativo, evitando o ganho de peso, além de amenizar a celulite e a flacidez. Manter-se ativa também é fundamental para a saúde do sistema cardiológico.

 

Outra dica fundamental para ter uma boa vida é dormir bem Assim você preserva sua juventude e a beleza e espanta o estresse, que é um dos principais inimigos da saúde. Atividades que relaxam, como meditação, ioga, caminhada, leitura e encontros com amigos, fazem bem para o corpo e para a alma.

 

Cuide-se e viva melhor!

BB Cream

Quem já ouviu falar no milagroso BB Cream? E você sabe o que significa esse nome? É o Blemish Balm Cream: B de Blemish (que significa “Mancha”) e B de Balm (que significa “Bálsamo”). Então é um Creme Bálsamo para Manchas, o que é um arraso para a sua pele.

 

Dermatologistas da Alemanha precisavam de um produto para ajudar na regeneração e cuidados da pele de pacientes que passaram por uma intervenção a laser. Quem já fez uso de laser sabe que a pele fica castigada por uns dias, descama, arde, fica irritada, e demora um pouco para voltar ao normal. O BB Cream veio para ser esse produto, para recuperar e hidratar essa pele e, ao mesmo tempo, atenuar ou corrigir essas imperfeições temporárias.

 

Não demorou muito para os asiáticos formularem esse bálsamo e se tornar um cosmético disponível ao grande público. Ficou famoso depois que as celebridades passaram a usar, e então agora está ao alcance de todos, com um preço super acessível.

 

O BB Cream regenera a pele e seu efeito pode até substituir a base e o primer. O uso do BB Cream também pode clarear manchas, diminuir os poros, balancear a oleosidade da pele, além de prevenir espinhas e rugas.

 

É o produto ideal para preparar a pele com rapidez, pois pode ser aplicado no rosto ainda sem preparação, já que ele sozinho é capaz de hidratar, suavizar, uniformizar e ainda proteger a pele. Mesmo fazendo todos esses milagres, tem uma textura suave, o que deixa a make mais natural, perfeito para completar as produções do dia a dia. Como os ingredientes emolientes penetram na pele, o BB Cream ainda pode tratar o rosto a longo prazo.

 

Só tem coisas boas com esse produto, que se adapta aos diversos tipos de pele, em especial, as mais sensíveis. Por ter uma fórmula mais leve e propriedades terapêuticas, também pode ser usado em peles com acne e com imperfeições cutâneas, pois seus ingredientes podem suavizar e amaciar a pele.

 

Além disso é um curinga: são vários tipos de bege, e sua cobertura é um excelente corretivo para camuflar olheiras, manchas e sardas, revitalizar peles cansadas, atenuar cicatrizes de acne, controlar oleosidade dando brilho, garantir um viço natural à pele de efeito prolongado e contínuo. É como base para maquiagem, e até proteção solar. Tudo isso sem pesar na make e nem no bolso.

 

Experimente o BB Cream e se apaixone! Nunca mais vai faltar esse queridinho na sua make <3

Marie Curie

Hoje vamos falar de uma mulher fantástica: Marie Curie, que, ao lado de seu marido Pierre Curie, realizou importantes pesquisas com elementos radioativos. Marie Sk?odowska Curie nasceu na Varsóvia, em 7 de novembro de 1867 e foi uma cientista polonesa com naturalização francesa que conduziu pesquisas pioneiras no ramo da radioatividade. Foi a primeira mulher a ganhar um Prémio Nobel e a primeira pessoa e única mulher a ganhar o prêmio duas vezes. A família Curie ganhou um total de cinco prêmios Nobel. Marie Curie também foi a primeira mulher a ser admitida como professora na Universidade de Paris. E em 1995, a cientista se tornou a primeira mulher a ser enterrada por méritos próprios no Panteão de Paris.

 

Por causa do preconceito, para se formar em física e química, ela teve que ir para Paris estudar, e graduou-se na Sorbonne. Quando tentou retornar a seu país de origem para trabalhar em seu campo de estudo, foi recusada pela Universidade de Cracóvia pelo simples fato de ser mulher. Por causa disso, ela estabeleceu-se definitivamente na França e, em 1895, casou-se com Pierre Curie, também físico.

 

Juntos eles iniciaram as investigações sobre a radioatividade (termo que ela mesma inventou), recém-descoberta por Henri Becquerel, em 1896. O francês havia descoberto que minérios de urânio emitem uma estranha forma de radiação, e o casal Curie contribuiu imensamente para a compreensão do fenômeno. Entre outras coisas, eles descobriram que a radiação era emitida pelos próprios átomos individualmente, e não por alguma interação molecular. Pelo trabalho com a radioatividade, o trio (Becquerel, Marie e Pierre Curie) recebeu o Prêmio Nobel em Física em 1903.

 

Ao prosseguir na pesquisa com os minérios de urânio, Marie percebeu (sozinha) que, se seus cálculos estivessem corretos, deveria haver outro elemento ali, com capacidade radioativa ainda maior. E assim, em 1898,  descobriu os elementos polônio (batizado em homenagem à sua terra natal) e rádio. E assim a Academia Real de Ciências da Suécia a laureou com um segundo Nobel, em Química, em 1911.

 

As conquistas de Marie não param por aí, foram e são fundamentais para a ciência até os dias atuais. A cientista também fundou os Institutos Curie em Paris e na Varsóvia, que até hoje são grandes centros de pesquisa médica. Durante a Primeira Guerra Mundial, fundou os primeiros centros militares no campo da radioatividade.

 

Digamos que, para uma mulher e da maneira que as mulheres eram vistas na época, Marie foi incrivelmente audaciosa. Ela teve garra para alcançar seus estudos numa época em que as universidades eram ocupadas, na maioria, por homens. Graças a seu trabalho, os fenômenos radioativos passaram a ser esclarecidos de forma melhor, o que, posteriormente, levou à identificação de três diferentes tipos de emissão radioativa, denominadas de Alfa, Beta e Gama.

 

Uma curiosidade: Os perigos da radioatividade não eram conhecidos, e então Marie não tomava nenhuma precaução em seus estudos. Por causa disso, até seu livro de receitas se tornou altamente radioativo e até hoje só pode ser manipulado com roupas protetoras.

 

Ela venceu o preconceito para desvendar os mistérios da radioatividade e trouxe muitas conquistas para a ciência e para as mulheres de qualquer campo. Ela morreu de anemia aplástica, causada pela manipulação constante de material radioativo, em Passy, Sallanches, no dia 4 de julho de 1934.